Biblioteca de Babel (126): Uma Carteira

A segunda carteira da terceira fileira da última sala do terceiro andar do Colégio Ada Lovelace não parece diferente de todas as outras da mesma fileira, da mesma sala, de todo o terceiro andar e de todo o colégio, e nem mesmo de todas as carteiras do mesmo modelo produzidas em série como instrumentos para a reprodução de estudantes em série.

Banal, portanto.

Sendo, porém, o Acaso aquilo que é, nesta carteira específica as palavras, frases e desenhos rabiscados ao longo de anos de aulas tediosas acabaram por formar um romance. Em vão zeladores esfregaram panos com álcool no tampo de fórmica. A sombra dos grafitos ficou, somando-se a outros mais novos, numa espécie de palimpsesto, adicionando camadas a uma narrativa já de início carregada de pathos adolescente.

Há uma maldição na segunda carteira da terceira fileira da última sala do terceiro andar do Colégio Ada Lovelace. Quem se senta nela jamais se encaixa novamente na produção em série.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s