Postais do Exílio (131): Tormelina

Em Tormelina construíram um vulcão artificial.

Não um reles brinquedo como o “Vesúvio alemão” de Leopold III von Anhalt-Dessau (1740-1817), cujas explosões eram criadas por pirotécnicos. Um vulcão autêntico, com um canal escavado do topo de uma colina até encontrar o magma subterrâneo.

A primeira erupção foi um sucesso. Aliás, todas as outras também, tecnicamente falando. Infelizmente, porém, não foram o suficiente para atrair turistas no volume que fora planejado quando se aprovou o projeto do vulcão.

Atualmente, a prefeitura de Tormelina estuda a hipótese de um festival à beira da cratera, com sacrifício de virgens. Provavelmente com virgindade também artificial.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s