Dramatis Personæ (195): Fantasma de Corniach

Durante séculos, as aparições fantasmagóricas de Corniach foram um mistério. Especialistas em eventos paranormais, tanto da própria Escócia quanto da Inglaterra e até da Irlanda, não compreendiam como, a cada vez que um fantasma era exorcizado, outro aparecia em seu lugar para assombrar as torres e os corredores do castelo.

Era verdade que, na maioria dos casos, os fantasmas de Corniach eram benignos.E, descobrindo-se o que prendia aquelas almas no nosso plano de existência, era quase sempre relativamente simples mandá-las para o além. Mas sempre surgia outra. Algumas almas penadas mais simpáticas eram até mantidas como parte da família, por medo de que um obsessor maligno as sucedesse.

Foi só recentemente, após uma série de estudos comparativos entre todos os fantasmas catalogados, que descobriu-se que todos eram na verdade o mesmo. Um fantasma esquizofrênico, que repetidamente inventava histórias sobre si mesmo e suas maldições. Atualmente, ele diz que é uma criada que foi maltratada pelos senhores de Corniach no século XIV e que seu corpo, enterrado entre as paredes do porão, aguarda uma sepultura cristã para que possa repousar em paz. Ninguém lhe dá ouvidos.

3 Respostas para “Dramatis Personæ (195): Fantasma de Corniach

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s