Postais do Exílio (124): Telorama

O gigantesco painel é inteiramente formado por telas de TV, cada aparelho sintonizado via satélite num canal diferente. Acredita-se que todos os canais do planeta são recebidos simultaneamente no Telorama.

O resultado é um mosaico quase sempre disforme. Dizem, porém, que em alguns momentos tão breves quanto raros a soma das imagens parece formar alguma coisa. Um rosto, ou uma paisagem, ou uma palavra. É difícil saber ao certo, talvez seja apenas uma alucinação causada pela exposição prolongada às televisões.

Ainda que seja verdade, dificilmente será algo que compense o ruído bruto produzido a maior parte do tempo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s