Criptoetimologia (71): Álibi

Em Andaluzia, na época do Califado de Córdova, viveu o emir Muhamad al-Ibn al-Mahad, conhecido como Al-Ibn. Temente a Deus e fiel seguidor do Corão, era porém um homem sempre propenso a sobrepor a misericórdia à Lei.

Era assim que, quando um réu era levado à corte, Al-Ibn frequentemente vinha em seu socorro, com seu testemunho: “Este homem não pode ter roubado o mercado ontem, pois esteve comigo todo o dia”; “Não é possível que o acusem de assassinato, já que na noite do crime estávamos jogando xadrez”; e assim por diante. Al-Ibn gozava de imenso prestígio, e jamais foi contestado pelos juízes cordoveses.

Do nome do emir veio a palavra álibi, inicialmente significando a pessoa cujo testemunho comprovava a presença de um réu em outro lugar no momento do crime, e em seguida o próprio argumento.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s