Dramatis Personæ (184): Uliel

Quando o arcanjo Miguel enfileirou suas hostes para enfrentar Lúcifer e a legião dos rebeldes, Uliel foi o único a não tomar partido. Não por indecisão ou tibieza, mas porque tentou até o último momento obter um acordo entre os dois. O universo, argumentava, era grande o bastante para todos, e não havia necessidade de uma guerra entre irmãos.

Não adiantou. Por mais que negociasse, não chegou a um meio-termo aceitável para os dois lados.

No entanto, há uma seita que defende a tese de que nosso mundo, com seu equilíbrio instável entre o bem e o mal, é na verdade governado por Uliel.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s