Dramatis Personæ (180): Toninho

Foi considerado, na sua época, o maior ponta-esquerda do Brasil. Talvez o maior da história do futebol. Era conhecido como “O Hipnotizador”, tamanha era a estupefação dos marcadores quando ele os driblava, passando com a bola sabe-se lá por onde.

Sua carreira acabou quando descobriram seu truque.

Não era um jogador de futebol, e sim um mágico ilusionista. Com seus recursos de prestidigitação, fazia os adversários, os companheiros, o árbitro,  o estádio inteiro! acreditarem que a bola saía de seus pés e ia para o fundo do gol, quando no entanto ela permanecia parada junto à lateral do campo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s