Criptoetimologia (67): Elefante

Foi na Segunda Guerra Púnica, no fim do século III AC, que elefantes de guerra foram usados pela primeira vez em território europeu. Aníbal, o Cartaginês, partiu com eles da África, atravessou o Estreito de Gibraltar e adentrou a Península Ibérica, esmagando os exércitos romanos que ousavam enfrentar seus paquidermes.

A linha de frente era efetiva não apenas pela força bruta, mas pelo terror que causava em legionários que jamais haviam visto animais daquele porte. Ille phantasiae (“aqueles fantasmas”), gritavam, apavorados, julgando estarem diante de monstros infernais.

De ille phantasiae saiu illephanta, depois elefanta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s