Postais do Exílio (116): Prefeitura de Tangreia

Todos os edifícios em Tangreia são inacabados. A maioria foi inaugurada faltando uma pintura, ou com uma parede sem reboco. Outros não tem uma janela. Há portas sem fechadura e tramela. Não era uma questão de preguiça, e sim de tradição. Quase de princípios.

Por isso foi com grande revolta que a população soube que a prefeitura local construiria uma nova sede, que seria aberta apenas depois de inteiramente construída, até o último retoque. Era uma vergonha. Um escândalo. Notícias do rigor nos acabamentos eram discutidas todos os dias nos bares (sem balcão), nas esquinas 9em frente à placa de “em obras”).

No dia da inauguração, um piquete se postou à frente da porta principal. Em vão o prefeito tentou se aproximar para cortar a faixa. Jamais!, bradavam os manifestantes.

A nova sede acabou entrando em funcionamento assim mesmo. No entanto, só é possível entrar pela porta dos fundos. A da frente permanece até hoje lacrada, com a faixa cerimonial intacta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s