Biblioteca de Babel (100) Tratado de Mineralogia Social

Foi escrito por vários integrantes de algum dos falanstérios de Charles Fourier, que optaram pela coletivização da autoria.

Aplicando as ideias utópicas à ciência geológica, o tratado nega qualquer nobreza ao ouro, demonstrando por meio de argumentos irrefutáveis que ele, assim como a prata e a platina, é um metal dos mais ordinários e desprezíveis. O barro, sim, substância ao alcance de todo trabalhador e base da construção das suas casas, é apontado como o mais valioso dos minerais, e assim por diante.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s