Criptoetimologia (51): Sertão

“No anno de 1674 se descobrio grandíssima Província do Piauhy, que está em altura de dez graos ao Norte alem do Rio de São Francisco, no Continente de Pernambuco, e não muy distante do Maranhão. Tomou o nome de hum Rio assim chamado. He regada dos rios Caninde e Itaim, São Victor, Puti, Longazes, e Piracuruca, que todos por diversas partes concorrem a enriquecer o rio Parnaiba, que com elles opulento sae ao mar na costa do Maranhão. Hum dos primeiros que entrarão por aquellas dilatadas terras foy Domingos Afonço Certão.”

Assim diz o livro terceiro (intitulado “Pernambuco renascido”) dos Anais da Biblioteca Nacional. Domingos Afonso Sertão (com a ortografia corrigida) se associou a Domingos Jorge Velho na bandeira que desbravou o Piauí; tornou-se donatário de grandes sesmarias; deixou em testamento a ordem de que uma missa cantada fosse celebrada por sua alma todas as semanas, “até o fim do mundo”; e seu nome virou o nome de toda aquela vastidão de terras distante do litoral e das grandes cidades.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s