Dramatis Personæ (126): Eriádocles, o Divino

Eriádocles de Éfeso (597-531 AC) era discípulo de Tales de Mileto, com quem aprendeu que todas as coisas estão cheias de deuses. Avançando sobre as proposições de seu mestre, afirmou que existe um deus para cada ser humano. Sendo assim, os infinitos deuses estão em permanente conflito, tanto quanto os homens a que estão ligados. Longe de serem perfeitos ou onipotentes, estão sujeitos às mesmas limitações e vicissitudes que os mortais, e mesmo à própria morte.

Foi daí que Eriádocles sugeriu que, sendo impossível distinguir o mundo dos homens e o mundo dos deuses, estes sequer teriam consciência da sua própria divindade; e que não temos como saber se não somos, nós próprios, deuses. deuses mortais, limitados, em conflito.

Seus seguidores, conhecidos como os entusiastas, não compreenderam bem as suas palavras e proclamaram que Eriádocles era Deus. Por isso foi condenado à morte, e suas obras foram destruídas.

(Obrigado, Lu.)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s