Postais do Exílio (73): Verlem

Verlem, assim como Veneza e Bangcoc, sempre se orgulhou de seus canais e dos barcos que por eles trafegavam, transportando os moradores de um lado a outro da cidade.

O problema começou quando o terreno frágil sobre o qual se erguiam as casas começou a ceder, ao mesmo tempo que o nível das águas subia. Os primeiros a serem atingidos transportaram seus pertences para balsas, ancoradas às casas vizinhas. Estas, porém, não suportavam a sobrecarga e logo o efeito dominó acabou com os alicerces de toda a cidade.

Hoje Verlem é um emaranhado de casas-balsas amarradas umas às outras, flutuando no oceano.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s