Criptoetimologia (29): Bússola

Quando o infante D. Henrique fundou a Escola de Sagres, para aperfeiçoar os conhecimentos náuticos portugueses, tratou de chamar os melhores mestres à disposição na Europa. Um deles, o flamengo Joachim van Eckenrei, pode não ter sido dos mais famosos mas está definitivamente ligado à história das grandes navegações.

À época, já se sabia como os chineses usavam uma agulha magnética para se orientar. Mas a primeira bússola como a conhecemos foi criada por mestre Eckenrei, que fez a agulha girar sobre uma figura que representava os quatro pontos cardeais — a rosa dos ventos.

A inspiração veio do desenho da praça da Matriz de sua cidade natal, Bussum. E a caixinha mágica ficou conhecida como “pequena Bussum”, ou bússula.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s