Bestiário (74): Mispixan

A única coisa que um caçador maia temia mais do que encontrar um jaguar era descobrir que na verdade não era um jaguar de verdade, e sim o Mispixan.

Espécie de espírito ou duende em forma de felino, o Mispixan devorava pessoas inteiras. E depois as cagava em forma de algum outro animal qualquer – pássaro, serpente, macaco, peixe, formiga.

Alguns desses ex-maias convertidos em animais conseguiam voltar para suas casas e ser recebidos. Mas, principalmente no caso dos que se tornavam feras ou bichos peçonhentos, quase sempre acabavam sendo mortos até mesmo por seus próprios parentes.

Em Xcáret, um chefe maia que foi transformado em papagaio pelo Mispixan não apenas voltou para a cidade mas reassumiu o seu posto, que exerceu até a chegada dos espanhóis.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s