Criptoetimologia (24): Pirraça

A expressão “vitória de Pirro” é bem conhecida, assim como sua origem. O general grego Pirro (“o ruivo”), depois de sacrificar 3.500 soldados para vencer uma batalha contra os romanos (Ásculo, em 279 A.C.), reconheceu o fracasso estratégico dizendo que, com mais uma vitória daquelas, estaria perdido.

Menos conhecida é a forma como seu nome deu origem a outra palavra. Ao saber dos resultados da campanha de Pirro na península itálica, o rei Ptolomeu da Macedônia destituiu-o do cargo. Mas o general, informado antecipadamente, começou a levar o que restara das suas tropas de um lado para outro, em movimentações secretas, para não ser encontrado pelos mensageiros e não precisar entregar o cargo.

A atitude foi ainda mais prejudicial ao exército grego que as baixas no campo de batalha. E a atitude infantil do general ficou conhecida como “pirraça”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s