Postais do Exílio (58): Lorne

Em Lorne, como em várias outras cidades, há uma Fonte dos Desejos. Nada de extraordinário: o chafariz de bronze, com o jato dágua saindo da ânfora de um querubim e mergulhando no tanque onde as pessoas lançam moedas e fazem seus pedidos.

A única coisa que distingue a fonte de Lorne é sua reputação de jamais atender a desejos.

Sendo assim, é lá que pessoas vão para pedir uma morte próxima e dolorosa, ruína financeira, chifres, insucesso, a derrota de seu time, tudo o que não se quer ver realizado.

Anúncios

Uma resposta para “Postais do Exílio (58): Lorne

  1. Ha! Taí, gostaria de fazer uns não-desejos a uma dessas…

    R. Fontes dos desejos em geral deveriam aceitar pedidos online, com pagamento via paypal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s