Postais do Exílio (55): Marco Zero de Harpáquion

Quando o imperador Ariu III, o Magnânimo, mandou erguer a sua nova capital, escolheu o ponto que era o centro de seu império. Os geógrafos da corte foram convocados para calcular o Marco Zero, em torno do qual seria construída a cidade.

Seria. Mas Ariu III não resistiu ao avanço de Felipe II da Macedônia, e a cidade de Harpáquion não chegou a sair dos planos de seus arquitetos.

Somente foi erguido o obelisco do Marco Zero. Não chegou a ser o centro de uma cidade nem de um império, mas à sua volta ainda foi desenhado um mapa do mundo conhecido, incluindo a então recém-descoberta ilha de Guam e o arquipélago de Atarath, que possivelmente reunia os últimos restos de Atlântida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s