Jam (9): Konga, a mulher-gorila

Fui a toda a parte atrás do amor
E todos me diziam que não há
Até que o encontrei no interior
Numa barraca de um mafuá

Seu dom ganhou o meu coração
Há longa data sinto tesão
Só com garotas como você
Vem Konga, diz que sempre vai ser
Mulher-gorila pra mim

Dizem que a beleza é passageira
Aquela que eu desejo é permanente
Não quero ver a loura prisioneira
Eu quero é Konga quebrando a corrente

Um bom galho será nosso lar
Em Tonga ou em Madagascar
Delongas nunca vão nos deter
Vem Konga, diz que sempre vai ser
Mulher-gorila pra mim

Milongas vou cantar pra você
Sarongue até usarei, pode crer

Ripongas vão chegar pra nos ver
De conga e camiseta do Che

Leblon, Gávea, Tijuca e Dendê
So long, auf wiedersehen, namastê

Vem Konga, vem comigo viver
Vem Konga, diz que sempre vai ser
Mulher-gorila pra mim

Anúncios

Uma resposta para “Jam (9): Konga, a mulher-gorila

  1. Bicho, diz que eu posso musicar isso. hahahahaha

    R. Aqui é tudo em commons. Pode pegar à vontade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s