Postais do Exílio (47): Arvena

Em Arvena há uma casa projetada (por Leonardo da Vinci, dizem) para tocar música com a passagem do sol. As barras de metal posicionadas sobre um trilho são aquecidas à medida que a luz solar passa pelas gretas calculadamente construídas, e aos poucos se dilatam até tocar os sinos dispostos ao longo do trilho.

O gênio do arquiteto foi tamanho que fez a casa tocar quatro composições diferentes, uma em cada estação do ano.

Infelizmente, a especulação imobiliária em Arvena levou à construção de vários edifícios em volta da casa musical, que nunca mais tocou suas melodias. Só ao meio-dia se ouve um ré menor, monótono e fúnebre.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s