Dramatis Personæ (72): Damien

Deprimido com o desemprego, diante de uma crise que não oferecia boas perspectivas, optou pelo suicídio. Em parte como vingança, porém, resolveu usar a sua decisão de forma a aproveitar ao máximo o tempo de vida que lhe restava. E ofereceu sua causa mortis em leilão na internet.

As regras eram simples: o comprador ganhava o direito de assistir ao suicídio, que aconteceria na forma combinada, um ano depois de fechado o negócio. O valor teria que ser suficiente para sustentar Damien até a data marcada, além, naturalmente, das despesas operacionais que fossem necessárias – armas, venenos, o que mais fosse acertado.

O leilão, porém, foi mais bem sucedido do que se previa. E começaram a oferecer compradores oferecendo não só valores maiores mas também prazos de entrega mais amplos – dois, três, cinco anos de sobrevida. Começou a exigir dos interessados um depósito inicial para poder manter-se vivo enquanto não bate o martelo.

Atualmente, está com o suicídio marcado para 17 de outubro de 2017, numa arena de felinos selvagens em Kinshasa. Até lá, mora numa suíte no Marriott. Mas está aberto a novos lances.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s