Postais do Exílio (28): Maligraine

Numa casa sem janelas e com apenas uma porta fica guardada a Coisa Mais Preciosa do Mundo.

Ninguém sabe exatamente do que se trata. Qualquer visitante pode entrar no local, mas lá dentro a escuridão é total. Assim, todos saem de lá incapazes de dizer o que viram  — já que não viram nada. Mesmo assim, a maioria acredita que esteve diante da Coisa Mais Preciosa do Mundo.

Há boatos de que alguém a roubou um dia. Teria sido pouco antes da Segunda Guerra. Outros, pelo contrário, garantem que durante a ocupação nazista os soldados alemães tentaram invadir a casa mas recuaram assustados e acabaram batendo em retirada de Maligraine.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s