Criptoetimologia (3): Presépio

Algumas famílias mantêm a tradição de montar o seu presépio sem a figura do Menino Jesus, que só é colocada no seu lugar na noite de Natal. Podem não saber, mas com isso tornam os seus presépios realmente apropriados ao nome.

Sepium (originalmente se pium, pio em si) era um dos nomes ou atributos dados ao Menino Jesus pelos diáconos cristãos que primeiro celebraram a festa de Natal. Com isso queriam dizer que ele fora o primeiro a já nascer carregando intrinsecamente a suprema santidade dentro de si. O termo caiu em desuso por conta de disputas teológicas, mas não antes de gerar a palavra presepium, redução de scena presepium, ou seja, “cena* antes (do surgimento) do sepium“.

Como se pode ver, a scena presepium era formada por Maria, José e pelos animais do estábulo. A manjedoura com o menino só era colocada na noite de Natal.

* E scena, em latim, vem do grego skénê, “cabana”, “tenda”, “abrigo”, recuperando nessa expressão o seu significado original.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s