Dramatis Personæ (43): Jan Muszek

Um dos maiores nomes do cinema tcheco nos anos 60, revolucionou a animação em stop-motion com a sua técnica apurada. Criou imagens oníricas misturando bonecos criados especialmente para seus filmes com objetos do cotidiano, utilizando como cenários os quadros que ele mesmo pintava. Mas hoje é mais conhecido justamente por Animater, a obra que causou sua queda.

Em busca de personagens cada vez mais reais, Muszek chegou a pensar em utilizar atores de verdade. Mas desistiu ao ver que eles jamais renderiam tão bem quanto seus bonecos. Então veio a grande idéia. O cineasta reuniu todo o elenco de Animater num galpão para uma leitura do roteiro. E envenenou todos com cianureto.

Usou então os cadáveres ainda moles como se fossem marionetes, moldando as expressões em seus rostos inertes, manipulando seus gestos com precisão máxima.

Morreu envenenado pelos miasmas que se desprendiam de seu elenco, depois de registrar o último fotograma e deixar instruções explícitas sobre a montagem do filme.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s