Bestiário (30): Uricrix

Um dos raros lagartos de hábitos noturnos, é provavelmente também o único que apresenta bioluminescência. No período do cio, uma luz alaranjada brilha no focinho da fêmea, atraindo os machos.

É claro que também atrai predadores. Mas a fêmea do uricrix tem recursos impressionantes para iludir os seus inimigos naturais. Quando em perigo, além de ser capaz de disparar e atingir altas velocidades em sua fuga, expele flatulências que, em contato com o ar, emitem também uma luz alaranjada.

Os jatos de gás, lançados em alta pressão, viajam a uma velocidade quase igual à do próprio animal, iludindo os caçadores.

Muitos machos da espécie também já se enganaram e tentaram cruzar com flatulências, sem sucesso.

Anúncios

Uma resposta para “Bestiário (30): Uricrix

  1. Diante disso, me admira a espécie já nao ter sido extinta.

    R. Eu digo isso do Homo sapiens.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s