Arquivo do dia: sexta-feira, 10/8/2012

Postais do Exílio (102): Micrônia

Faço saber a todos que esá declarada a independência da Micrônia, a menor nação do mundo, com superfície total de 1 mícron quadrado (1 μm²), num quadrado com um mícron (1 μm) de lado.

A Micrônia é, portanto, um país – e nisso o único no mundo, que eu saiba – menor do que o seu próprio mapa (acima, em proporção de 10.000:1) ou sua bandeira (abaixo, formada por um quadrado sable, representando a compressão do infinito sobre o infinitesimal, o devir da imanência e a cocada de coco queimado, sobre campo blau, que é uma cor bonita).

A localização da Micrônia é segredo de Estado. Assim será mantida para evitar qualquer tipo de conflito diplomático com os países vizinhos. Ou o país vizinho, pois a Micrônia pode muito bem ser um enclave. Você pode já ter passado por ela. Na verdade, pode até estar sobre ela neste exato momento, e portanto sujeito às suas leis.

Até que o hino oficial seja aprovado, será adotado como hino provisório em todas as cerimônias “Eu quero é rosetar”, do micronês honorário Haroldo Lobo.


Nota do Almanaque: O texto e as ilustrações acima foram retirados de um folheto encontrado num local que pode ou não se encontrar nas imediações da Micrônia.