Bestiário (120): Banheiro biológico

Em resposta às múltiplas queixas recebidas contra os banheiros químicos que haviam sido instalados no último carnaval (a maior parte delas referente ao mau cheiro exalado pelos equipamentos), a prefeitura decidiu que no próximo ano adotará a tecnologia dos banheiros biológicos.

No fundo de cada latrina de um banheiro biológico vive um jacaré. Não um jacaré comum, mas uma variedade transgênica, desenvolvida a partir dos espécimes encontrados nos esgotos e que já haviam naturalmente se adaptado a uma dieta predominantemente de excrementos. Os répteis posicionados nos banheiros biológicos digerem os detritos e os transformam numa substância inodora.

Ambientalistas, porém, protestaram contra a medida alertando para o risco de uma horda de jacarés transgênicos superalimentados com a abundante produção fecal humana tomar as cidades de assalto e trancafiar a população em banheiros, transformando a todos nós em meros produtores de coprólitos para seu deleite.

About these ads

2 Respostas para “Bestiário (120): Banheiro biológico

  1. Imagina ir ao banheiro e levar uma mordida! Não ia ser fácil, nêgo. Acho até que isso é mais perigoso que a proliferação dos animais, hein?

    (adoro as seções que você criou, mesmo mesmo!)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s