Arquivo do dia: terça-feira, 18/10/2011

Postais do Exílio (80): Túmulo do Indigente Desconhecido

A população de Amugre, de índole pacifista, jamais se envolveu em guerras. Nunca existiu portanto entre seus naturais um desaparecido em combate ou um corpo não identificado achado nas trincheiras a quem reverenciar num monumento ao Soldado Desconhecido, como há em tantos outros lugares.

Em vez disso, Amugre homenageia os mortos em tempos de paz. Especialmente aqueles que se foram sem um parente ou amigo que providenciasse seu enterro. Os mendigos, os vagabundos, os pivetes, uns que vendem fumo e uns que viram Jesus, todos os que algures iriam para a Faculdade de Medicina ou para a vala comum, ganham ali após a morte o reconhecimento que nunca receberam em vida.