Dramatis Personæ (78): Gusmão

Chegou a Brasília na sua fundação, chamado para trabalhar num Ministério. Hospedou-se num dos hotéis recém-inaugurados da nova capital federal, já que não pretendia passar muito tempo naquele trabalho.

De fato, não chegou a fazer carreira no Ministério. Dali passou para uma autarquia, e em seguida para uma estatal, na qual trabalhou por muitos anos. Trocou a estatal por uma assessoria parlamentar, que acabou levando a um emprego na gráfica do Senado.

Chegou a tentar a iniciativa privada, com relativo sucesso, num grande empreendimento no Distrito Federal. Saiu por não compactuar com certas práticas (em todo esse período, diga-se de passagem, jamais cometeu qualquer deslize). Atualmente trabalha por conta própria, comno lobista, atendendo a diversos clientes.

Mora no mesmo quarto do mesmo hotel onde se hospedou quando chegou a Brasília. Porque, afinal, está na cidade apenas de passagem, não é um lugar para se morar.

About these ads

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s