Arquivo do dia: terça-feira, 30/9/2008

Dramatis Personæ (67): Atanahiro

Ganha a vida como eliminador de pessoas infelizes.

Desde que o Índice de Felicidade per Capita (IFC) passou a ser decisivo para determinar o progresso de uma nação, desbancando indicadores como renda, industrialização e escolaridade, ser infeliz tornou-se praticamente uma ameaça à segurança nacional. Foi assim que Atanahiro ganhou sua profissão. Procura pessoas infelizes, que com seu baixo-astral elevam o risco-país, e elimina uma por uma.

Já cometeu erros. Matou pessoas equlibradas e perfeitamente felizes, que deram o azar de serem entrevistadas num dia de úlcera ou de derrota do seu time de bocha. Hoje, sabe que a análise deve ser mais sutil e precisa.

Atanahiro gosta do seu trabalho. Só teme ficar, algum dia, insatisfeito e infeliz. Porque sabe o que deverá fazer nesse caso. Gasta boa parte do salário com terapia.