Arquivo do dia: quinta-feira, 17/7/2008

Folhinha (16): Festa do Estrume

A independência de Kanuk foi resultado da guerra pelo controle de suas reservas de estrume de focas. Depois de séculos ignorando a existência da ilha e de seus habitantes, que viviam abandonados à própria sorte, as duas potências rivais passaram a considerar o território uma jóia a ser cobiçada quando os excrementos alcançaram altos valores no mercado de fertilizantes.

Veio então a guerra, cada lado pretendendo a soberania sobre a ilha. Mas depois de muitos anos de morte e destruição os kanukianos mostraram sua sabedoria política ao negociar a paz, comprometendo-se a fornecer o estrume para os dois lados em troca do reconhecimento da independência.

Assim, o dia do armistício é uma festa cívica em Kanuk. E os kanukianos, principalmente as crianças, comemoram recolhendo bolas de estrume seco para guerrear com elas nas ruas da capital.